O jornal que todo mundo lê
Publicidade
Fatos e Fotos
04/04/2018 - 16h29
Rainha e princesas do Café de 2018 são eleitas
População questiona naturalidade da rainha eleita este ano
Fotos: Marlisia da Silva (34) 9 8828-8309.

Por Stéfany Christina/Gazeta com informações ASCOM PMP


Ocorreu na noite desta terça-feira (03) no Restaurante Central do Parque de Exposições Brumado dos Pavões a eleição da Rainha do Café 2018. O evento foi somente para convidados, dentre eles rainhas, princesas, misters da região, imprensa, autoridades e familiares das concorrentes, e deu inicio às atividades da FENACAFÉ 2018.

Antes de participarem do evento de eleição as candidatas já haviam realizado parte das provas do concurso, dentre elas a arrecadação de caixas de leite longa vida e pacotes de fraldas geriátricas para as instituições HJ Viver e Casa do Idoso São Vicente. Os donativos foram entregues na segunda-feira (2) na sede da Acarpa, com destaque para Tâmara Isa que fez a maior arrecadação entre as candidatas.

Realizado pelo Governo Municipal através da Secretaria Municipal de Cultura, a eleição contou com as candidatas Bianca Nunes Leão (21 anos), Dayane Silva (19 anos) e Tâmara Isa da Silva (25 anos). E foi eleita como Rainha do Café 2018 Bianca Nunes Leão, as demais ficando com o título de Princesas do Café.

A nova rainha é atleta, modelo e professora de karatê e afirmou que este era um sonho dela. "Estou muito feliz em ser eleita a Rainha do Café, sempre foi um sonho representar o café de Patrocínio, que é algo que movimenta a região do Cerrado Mineiro, vou cumprir meu papel com muito amor e comprometimento”, declarou Bianca Nunes.

Durante sua fala no evento o Prefeito Deiró Marra, destacou o apoio do Governo Municipal ao tradicional concurso e comemorou a abertura “com chave de ouro” da FENACAFÉ 2018. “Antes de tudo parabéns a Bianca, nossa Rainha do Café nesse reinado 2018, quero parabenizar as nossas princesas também e agradecer também aos familiares que estiveram aqui presentes dando total apoio e fazendo essa corrente do bem, começamos com o pé direito nossa Festa Nacional do Café que terá portões abertos para todos”, disse.

Eliane Nunes, Secretária Municipal de Cultura, agradeceu a confiança da comunidade e elogiou a postura das candidatas. “As três candidatas, independente da vencedora, serão nossas representantes, a partir daqui nós temos uma Rainha, e duas princesas que vão representar Patrocínio não só com beleza e simpatia, mas também com a nossa cultura do café. Só tenho a agradecer a todos os patrocinadores, parceiros e as famílias pela confiança em nosso trabalho”, afirmou a secretária.

Foram apoiadores do evento as empresas e entidades: Investbras, Expocaccer, Planetur, Spa e Laser, Federação dos Cafeicultores do Cerrado, Via Noivas, Flávia Caldeira, Ouseuse, Enigma Calçados, Cis, Conservatório Municipal de Música, Park Idiomas, Acarpa, Contato Boutique, Cabelo. Com, Bell Scouter.


Revolta

Nas redes sociais parte da população demonstrou revolta por conta de Bianca Nunes, eleita rainha este ano, ser natural de Abadia dos Dourados, município próximo ao município de Patrocínio. Muitos utilizaram como argumento o fato de haver diversas jovens patrocinenses belas.

Em nota divulgada nesta tarde através do site da Prefeitura de Patrocínio a Secretaria Municipal de Cultura informou que de acordo com o regulamento do concurso deste ano as jovens deveriam ter entre 18 e 25 anos, residirem em Patrocínio e cumprir as obrigações propostas pela organização do concurso, não havendo a necessidade de serem naturais de Patrocínio.

Parte da nota esclarece que “atualmente, em Patrocínio-MG, a economia do café tem abrangência nacional e mundial, esse fator faz com que pessoas e famílias, de diversas partes do Brasil, fixem residência em nossa cidade”, explicando o motivo de não exigir a naturalidade no regulamento.


Não retirar fotos sem os devidos créditos. Fotos: Marlísia da Silva (34) 9 8828-09.



Confira Também


Publicidade

no Facebook